18 novembro 2009

Três filmes, várias atrizes, um ator

Estou com a coleção da folha emprestada em minha casa. Então, estou me esbaldando com filmes antigos.

Sou apaixonado por filmes antigos. Gosto da interpretação, gosto do roteiro, gosto dos improvistos, dos cenários. E talvez goste muito pois retratam uma época onde alguns valores são ainda importantes, valores que ainda carrego comigo... como em bravata individual e perdida.

Mas vamos aos filmes.

O primeiro dele é muito famoso. É o berço de muitos romances e esse formato vai ser abordado por mais inúmeras vezes em Holywood: Casablanca! Ator principal Humphrey Bogart, que foi o rei de Holywood naquela época. Contracena com Ingrid Bergman, que também era uma grande atriz já na época.

Usando a temática da guerra, vamos assistir à história de amores secretos e um camarada absolutamente egoísta despertar para o altruísmo.

Casablanca foi um marco tão forte que existem hoje as festas Casablanca, inúmeros salões decorados com o tema e muito mais. Mas não é pra menos, é um grande filme!












O próximo filme é também com Bogart, é o Falcão Maltês ou Relíquia Macabra. É o pai dos filmes Noir! Aqui você vai ver tudo que deu origem ao estilo de detetive que até hoje chama a atenção.

É o lance mais clichê que existe: Detetive durão, leva a vida sozinho, não quer saber de ninguém, tem uma secretária que cuida de tudo pra ele, aparece uma mulher linda e misteriosa e misteriosamente seu parceiro é morto... Bom, só que essa fórmula tão batida agora, foi inventada nesse filme! É muito interessante!

Nesse filme a atriz é Mary Astor. E tem outros personagens que são um barato. Eles também deram origem pra todos esses vilões esquisitões que vemos nos filmes de hoje.




E por último, que assisti ontem: Aventura na Martinica. Mas este Humphrey é surpreendido pela estreiante Lauren Bacall... tão surpreendido que na vida real ele se separa da esposa para se casar com Lauren. E este acaba se tornando um dos primeiros escândalos Holywoodianos... desses que a gente vê na TV todo dia.

Ela também vai lançar a fórmula da mulher independente, forte, cheia de si e de charme! Ela simplesmente rouba o filme.

O filme também tem Walter Brennan. Um ator com mais de 100 filmes em sua filmografia e um desempenho muito bacana no filme.

Olha esse filme é um barato. E de quebra, é adaptação de um livro de Ernest Hemingway. Famosíssimo autor americano.

É isso aí, pra quem gosta é um prato cheio.

4 comentários:

Paulo Brabo disse...

Uma aventura na Martinica é filmão de romper a madrugada, e Bacall é tremenda nesse papel -- tão novinha e não deixa barato para o durão de plantão Bogart. Irresistível.

http://www.baciadasalmas.com/2008/what-do-you-think/

César Chagas disse...

Gezuissssssssss

Paulo Brabo no meu Blog é honra pra não acabar mais!

Obrigado cara! E parabéns!!!

E claro, obrigado a todo mundo que aparece por aqui... como a Bruna, o Jotinha e o Rubinho que sempre comentam.

Obrigado de montão!!!

jonatas disse...

Cesinha uma barato é ver vc falar desses filmes supimpas! Cara muito massa de verdade. Como na sua descriçao o segundo topico depois de Teologo(meia boca)---"acha q vamos te achar humilde"---kkk---la esta escrito Cinéfilo. Mano braçao

Bruna Cabral disse...

Hahahaha, que chiqueeeeee esse blog gente! até o Paulo Brabo visita.. vocâ tá podendo, viu Cesinha?

Agora sobre o post: você acredita que eu não vi NENHUM destes filmes? pois é, totalmente anormal..
Mas eu gostei das suas "sinopses". Vou assistí-los.. =D
beijo e fica com Deus