18 dezembro 2008

A Cabana

Terminei ontem a noite o livro A Cabana. Muitos, mas muitos mesmo já haviam me falado sobre esta obra, estava esperando pra ler emprestado, mas acabei comprando e minha esposa leu primeiro. Ela já foi a loucura com o texto... restava eu.


E assim foi, três sentadas e pronto. Tinha lido.

A Cabana é uma obra prima. Por não ser uma obra repleta de evangeliquices ou mais ainda, sem nenhuma obrigação teológica.

Teólogos de plantão que conheço teriam ataques de convulsão com algumas coisas citadas no livro. Coisas que gente de coração simples nem pensa e nem se incomoda.

Gente como um primo que outro dia me dizia: "Essa história de quem vai pro céu e quem não vai eu não gosto! Porque não fui eu e nem foi você quem fez o céu, certo? E se quem fez o céu foi Deus ele vai colocar lá pra dentro todo mundo que ele quiser, certo? Então o meu negócio e dar um jeito de ter meu nome na lista na mão do porteiro lá na entrada... e só."

A história de Mack vai te envolver de uma forma impressionante. Leia este livro ontem!

Afinal: "Mack, você não me conhece... eu não sou assim. Isso é obra de vocês, achar que Deus é dessa ou daquela forma".

E a gente descobre que Deus está falando com a gente...

2 comentários:

Thiago Mendanha disse...

César, minha Princesa e eu também lemos esse maravilhoso livro... é simplesmente lindo! Leve, simples, tocante e profundo...

Abraços!

Peter Cacique disse...

adorei o comentário do teu primo sobre o céu, hahuauhahu
Concordo plenamente com ele.