28 janeiro 2009

Entrevista com William P. Young - A Cabana

Encontrei no Pava este vídeo com uma entrevista do autor de A Cabana, livro do qual já falei por aqui.

Se tiver um tempinho, invista-o assistindo a este pequeno relato.


Uma das coisas que mais me espanta em todo o relato, seja do livro, seja do vídeo, é a simplicidade de se encarar Deus. Uma aceitação tácita daquilo que Deus é e o fato de isso implicar em milhões de coisas que nós não somos.

Vou até puxar sardinha para um blog de uma visitante aqui do Infinita Highway, a Bete. Ela relata seus "causos" como uma viúva que é visitada quase sempre por Elias, o profeta. E me constrange a familiaridade e intimidade dos relatos... Porque apesar de ser O Elias, em seus relatos vejo a verdade que disse: Elias era homem como vocês. E Jesus também foi, mas não pecou.

Eu quero me relacionar com Deus assim... sem medos, sem culpas, sem receios, apenas um filho que recosta a cabeça e sabe que o Pai, mesmo sabendo de tudo mesmo, ainda o ama.

Mas vamos ao vídeo que era a razão deste post:

2 comentários:

neli araujo disse...

Olá, César!

Sou amiga da Bete, e foi através do blog dela que descobri o seu!

Muito boa sua forma de escrever! Gostei muito de todos os seus posts que li.

Eu também gosto das conversas de cozinha, de avental, cara lavada, com as cascas que tirei no preparo dos legumes ainda à vista, mas de coração aberto, com muita simplicidade, sem afetação!

Parabéns pelo blog!
Volto com mais calma para ler sobre o Banco Imobiliário!

Um abração,

neli

Dani_discipuluz disse...

Já li esse livro...eu amei...ele eh muito bom!!!
xDD