02 janeiro 2007

Teus altares


Me peguei escrevendo este texto hoje... no final, achei que estava razoável para até colocar aqui. Afinal, é desabafo.

Abraços

-----------------------------------------------------

Essa idéia nasceu de olhar pra mim mesmo... não de uma forma egoísta, mas de pensar que se eu estou assim... outros também podem estar.

Me peguei cantando aquela música "...o pardal encontrou casa, e andorinha um ninho para si... Eu encontrei teus altares Senhor Rei meu e Deus meu...".

Ao cantar tal canção descobri que é pra lá que preciso ir, é para lá que preciso desesperadamente me lançar! Preciso encontrar os altares do Senhor, me aninhar em seus átrios, sonhar deitado no colo do meu Pai.

Ao olhar o Salmo 84, vi a profundidade do desejo do coração do salmista ao escrever. Percebo que meu coração deseja o mesmo!

Parece que consigo me ver à porta do templo, com Deus lá dentro e eu de fora. Eu quero abrir meus lábios e coração e dizer que os tabernáculos do Senhor são amáveis, mas eu preciso entrar lá primeiro.

Eu preciso me encontrar com o Sumo e Único Sacerdote, Jesus e que Ele me leve pela mão até os átrios do Senhor. Pois é lá que um dia vale mais do que mil.

Eu preciso encontrar os altares do Senhor, pois minha casa é lá.

Sabe, preciso encontrar minha casa. E aí, está uma coisa importante: a Igreja não é casa Dele, é a noiva. Nós somos noiva e precisamos encontrar os altares do nosso Senhor.

Sabe porque meus amados irmãos? Porque preciso urgentemente me encontrar com Deus, não com a igreja.

Preciso demais me deitar no colo dele e não me sentar num banco.

Preciso ir mais longe! Preciso ir mais fundo! Preciso lutar a noite toda se for preciso, mas quero um nome dado por Deus!

Um comentário:

Daniela disse...

que linduuuuuu.....
=P


amei o textim..
.
.
.
.
.
bjux
=*