14 janeiro 2008

Eu sou a Lenda


"Um terrível vírus incurável, criado pelo homem, dizimou a população de Nova York. Robert Neville (Will Smith) é um cientista brilhante que, sem saber como, tornou-se imune ao vírus. Há 3 anos ele percorre a cidade enviando mensagens de rádio, na esperança de encontrar algum sobrevivente. Robert é sempre acompanhado por vítimas mutantes do vírus, que aguardam o momento certo para atacá-lo. Paralelamente ele realiza testes com seu próprio sangue, buscando encontrar um meio de reverter os efeitos do vírus"


Will Smith dá um show de atuação, afinal de contas, o filme é 90% ele. Toda a produção do filme também é espetacular e nos faz imaginar o trabalhão que deu para gravar este filme.

Confesso que o final me deixou um pouquinho desapontado, mas não posso dizer porque ou vou contar o fim do filme. Mas não desmerece em nada, muito pelo contrário, continua ótimo.

Outra coisa legal é termos a brazuca Alice Braga no elenco. Não são mais do que 10min, mas já conta ponto para nossos atores!

Vou colocar algumas curiosidades aqui:

- Originalmente seria realizado na década de 90, com Ridley Scott como diretor e Arnold Schwarzenegger como protagonista. Entretanto o orçamento cresceu tanto que ambos deixaram o projeto. (Graças a Deus por isso!!!!!!!!!!)

- Em 2002 o projeto foi retomado, com Michael Bay como diretor e Will Smith como protagonista. Porém ambos desistiram para realizar Bad Boys 2 (2003).

- Guillermo del Toro foi indicado por Will Smith para dirigir Eu Sou a Lenda, mas recusou a proposta.

- As filmagens ocorreram entre 23 de setembro de 2006 e 31 de março de 2007.

- Boa parte das filmagens ocorreu no Washington Square Park, na cidade de Nova York, entre o outono e o inverno de 2006. Com isso as decorações de Natal tiveram que ser constantemente retiradas e recolocadas, devido às filmagens.
- As cenas na ponte do Brooklyn utilizaram mais de mil extras, além de aviões e veículos militares. O custo estimado pelos produtores para a realização de 6 noites de filmagens foi de US$ 5 milhões.

- Os produtores precisaram da autorização de 14 agências governamentais para rodar cenas na ponte do Brooklyn.

Pode correr para o Cinema que esse vale completamente o ingresso!








Imagens by Adorocinema

Um comentário:

José Inácio disse...

Achei...hahahha
Dios te bendiga..