04 dezembro 2006

Filme: Crash

Crash: visceral, espetacular

Até que enfim, um filme que valeu a pena. Tinha tempo que não me deparava com um filme tão bom! Não é a toa que chamo de visceral, porque é nas entranhas mesmo que você sente o baque...

Este é um filme sobre preconceito.

Muito preconceito.

Crash ganhou o Oscar de melhor filme com todo o merecimento que um filme pode ter, é genial

Vamos ao release: "Uma a rica e mimada esposa de um promotor, em uma cidade ao sul da Califórnia. Ela tem seu carro de luxo roubado por dois assaltantes negros. O roubo culmina num acidente que acaba por aproximar habitantes de diversas origens étnicas e classes sociais de Los Angeles: um veterano policial racista, um detetive negro e seu irmão traficante de drogas, um bem-sucedido diretor de cinema e sua esposa, e um imigrante iraniano e sua filha."

O elenco: A escolha dos atores foi excelente e ainda mais por cada um entender que faz parte do todo, não tem ator principal, não tem coadjuvante, são todos parte da história.

Roteiro: é uma obra de arte, o filme tem tantos caminhos que você não acredita como se cruzam. Todas as histórias individuais culminam na história geral onde o preconceito é o elemento que permeia o ar das relações. De repente, todos aqueles americanos descobrem que sua supremacia branca não existe sem as comunidades étnicas que os cercam.

Para provar que o filme é excelente, chequem alguns dados:

- Ganhou 3 Oscars, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro Original e Melhor Edição. Foi ainda indicado nas categoriasde Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Matt Dillon) e Melhor Canção Original ("In the Deep").

- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante (Matt Dillon) e Melhor Roteiro.

- Ganhou 2 prêmios no BAFTA, nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante (Thandie Newton) e Melhor Roteiro Original. Foi ainda indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Matt Dillon e Don Cheadle), Melhor Fotografia, Melhor Edição e Melhor Som.

- Ganhou 2 prêmios no Independent Spirit Awards, nas categorias de Melhor Filme de Estréia e Melhor Ator Coadjuvante (Matt Dillon).

- Ganhou o Grande Prêmio Especial, no Festival de Deauville.

- Sandra Bullock queria tanto fazer parte do elenco que pagou ela própria sua passagem de avião para se dirigir ao set de filmagens.

Pois então, alugue este filme... é excelente, visceral!


Um comentário:

Dani disse...

hum...
parece ser bom msm!!!
quero ver!!!
hehe
=*