14 abril 2008

Segunda Feira Blues

Onde estão os caras que usavam palavras precisas pra nos livrar da tirania do mal?

Baita segunda feira e pesa sobre mim o fato de descobrir que algumas vezes não somos tão diferentes daquilo que criticamos. É como ser do PT e ao assumir o poder você descobre que está tão infectado com o modus vivendi do ambiente em que vive que suas reações são tão iguais àquelas que você tanto criticou.

Nessa bravata pessoal contra aquilo que chamo de sistema, que outros chamam de denominação, meu maior medo é ser apenas alguém que critica e não alguém que propõem. Ser apenas a voz do pessimismo e não conseguir propor e viver a diferenciação que tanto prego.

Será necessário abandonar tudo para conseguir respirar?

Será necessário abrir mão de tudo para poder alcançar o que se crê?

Será necessário se converter de novo e descobrir o caminho novo, afinal, há tanto em mim que já ficou velho e ressequido.

Um comentário:

Gardagami disse...

See Please Here